ISSN 2595-5934

SOUZA EAD Revista Acadêmica Digital n.46 2022

fev

EDIÇÃO

46

SOUZA EAD Revista Acadêmica Digital n.46 2022

Por Faculdade FaSouza 14/02/2022
SOUZA EAD Revista Acadêmica Digital n.46 2022

SUMÁRIO

FASOUZA: INVESTE NA ENERGIA FOTOVOLTAICA

TRANSTORNOS DE DESENVOLVIMENTO, DEFICIÊNCIAS E NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS: ELEMENTOS PSICOEDUCACIONAIS

Resumo

A partir de um conjunto de desenvolvimento, considerando tanto fatores pessoais quanto contextuais, a pessoa evolui em relação a si mesma, em sua estrutura, capacidades e funcionamento, e, se é verdade que podem apresentar deficiências e suas habilidades serem menores, não é menos verdadeiro que são a expressão de um desenvolvimento pessoal, no qual qualquer progresso será significativo, sendo específico para aquela pessoa, sua história e seu contexto. Neste sentido, propõe-se neste artigo analisar os termos transtornos gerais do desenvolvimento que lhe podem ser associados a necessidades educativas especiais (NEE) numa perspectiva integrada, individual e social, em ambientes educativos. Assim, primeiro um transtorno do desenvolvimento é definido de uma perspectiva psicológica, para depois passar para uma avaliação do mesmo em conjunto com a deficiência (social e psicossocial). Enquadrando os dois termos em um campo de intervenção psicoeducacional, prossegue com sua projeção de ação educativa, nos NEEs. Por fim, após esta integração terminológica, conclui-se em alguns elementos para a reflexão psicológica e pedagógica.

Palavras-chave: Transtornos Gerais de Desenvolvimento. Necessidades Educativas Especiais. Reflexão psicológica e pedagógica.

PEDAGOGIA HOSPITALAR: ATUAÇÃO E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar a atuação do pedagogo em um ambiente hospitalar, e como também as suas práticas educativas. A metodologia utilizada para a efetivação deste trabalho foi a pesquisa bibliográfica em livros e trabalhos acadêmicos em pdf, sites, entre outros. Através das diversas pesquisas, para embasamento e obtenção do resultado, compreende-se que o atendimento do pedagogo no ambiente hospitalar é atribuído a um ensino continuado, como se fosse uma extensão escolar, mas de forma lúdica. Com atividades que levam em consideração o conhecimento prévio do paciente e assim dando continuidade ao trabalho/ensino escolar. Oferecendo ao educando hospitalizado a oportunidade de continuidade aos seus estudos e aprender mesmo impossibilitado de ir á escola. Sendo assim a partir da análise e dos métodos utilizados para a pesquisa pode-se chegar á conclusão que o pedagogo hospitalar deve desenvolver e criar métodos e estratégias para compreender a realidade de cada aluno, como também, em que nível de aprendizagem o aluno se encontra para que os ensinamentos e conteúdos do pedagogo escolar ganhe sentido na vida escolar do aluno.

Palavras-chave: Pedagogo Hospitalar. Ambiente Hospitalar. Aprendizagem. Ensino.

METODOLOGIAS NO ENSINO DA MATEMÁTICA EM DETRIMENTO DA VALORIZAÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA E DE QUALIDADE

Resumo

Segundo os Parâmetros e diretrizes curriculares Nacionais: o aluno é um sujeito social e histórico que está inserido em uma sociedade na qual partilha de uma determinada cultura. Neste aspecto sendo profundamente marcada pelo meio social em que se desenvolve, por meio deste artigo acentuamos que é direito de todos os discentes um ensino de matemática que venha a contempla, e ter uma metodologia de rumo ao que é vivenciado no cotidiano do alunado, não deixando de lado quaisquer aluno que seja, assim sendo, objetivamos com esse trabalho a promoção de uma metodologia do ensino de matemática e inclusiva e para todos, bem desenvolvida na escola , com profissionais com formação na área, e por sua vez promover um ensino rico por meio da formação multidisciplinar nas escolas do campo e da cidade.

Palavras-chave: Metodologia do ensino da matemática, Formação multidisciplinar, ensino para todos.

CAPOEIRA: ARTE GENUINAMENTE BRASILEIRA

Resumo

Seria realmente a capoeira uma representante genuína da arte e cultura brasileira? Ao se pensar no tema, é possível contrapor a intensa busca por documentos que comprovem sua origem versus a ideia de que a mesma já existia em algum lugar na África. Alguns questionamentos ainda persistem, uma vez que contendo elementos culturais brasileiros, a capoeira deve estar ligada aos povos que compuseram a formação dessa estrutura social. O artigo aborda e verifica a participação indígena na composição das bases da capoeira, uma vez que contribuições europeias e africanas se encontram mais evidentes na mesma. Do canto às palmas, da roda ao jogo, do modo de dançar às lutas, a pesquisa espera contribuir para a comprovação de que houve uma interação, uma troca de conhecimentos entre os nativos brasileiros, seus colonizadores bem como os escravos trazidos da África, culminando no que se conhece hoje como a Capoeira.

Palavras-chave: Cultura Brasileira. Indígenas. Arte. História do Brasil.

INSCREVA-SE EM NOSSA REVISTA

SOCIAIS

CONTATOS

  • Avenida Santa Helena, 1140 . Novo Cruzeiro
    Ipatinga. MG. CEP 35164-332
  • (31) 3822-2194 / (31) 3617-8101
  • (31) 98908-9153